O facto de os seguros moto serem mais dispendiosos do que os destinados a outros veículos é uma realidade comum à esmagadora maioria dos países, sobretudo na União Europeia, mas as recentes directrizes comunitárias respeitantes à concorrência e disponibilidade de apólices nos diversos ramos seguradores impulsionou ligeiras alterações que também se fizeram sentir em Portugal, apesar de a um ritmo mais lento que só este ano se materializou na totalidade.

À luz do cenário macroeconómico nacional e da lacuna existente no âmbito segurador de duas rodas, algumas das principais entidades do sector procuram alargar o seu leque de actividade e captar novos clientes para a inverter a tendência de contracção do mercado. Um dos caminhos seguidos tem levado a apostar na diversificação de ofertas e apostar em segmentos pouco ou nem sequer explorados, nomeadamente o dos motociclistas. Por isso, vale a pena fazer uma pequena anotação acerca das transformações operadas no último ano.

Seguro para motociclos até 125 cc
O diploma que veio autorizar os condutores de automóveis ligeiros a conduzirem motociclos até 125 cc e 15 cavalos provocou um aumento substancial no preço destas apólices, tornando-as em muitos casos mais caras do que as dirigidas a cilindradas superiores pelo alegado maior risco associado à não obrigatoriedade de ter habilitação específica. Se este for o seu caso recomendamos que consulte as alternativas da entidade na qual possua outros produtos desta natureza, pois será a melhor forma de conseguir um seguro ao menor custo.

Seguro moto mais barato

As condições para ter um seguro moto acessível até são bastante simples: escolher coberturas básicas, ser bom condutor (ou seja, não ter incidentes registados), possuir carta de condução há pelo menos dez anos e residir numa área de baixo risco (as cidades fazem disparar o valor a pagar). No entanto, apresentar argumentos como a detenção de outros produtos e serviços na entidade escolhida – se nela já os tiver subscrito – ou, inclusive, contrapropostas atractivas da concorrência farão toda a diferença e podem ajudar a que se fechem as negociações com uma apólice bonificada. Por isso, não hesite e negoceie com pulso firme.